6 de dez de 2010

Icônica

As revistas e blog de moda adoram usar essa palavra. A bolsa icônica, o vestido icônico, a coleção icônica. Engraçado, pra mim esse adjetivo causa o efeito contrário. Não tenho vontade de usar nada que seja icônico porque soa caricato. Marca mais que calcinha em vestido branco de malha. É como se ficasse eternamente pendurada uma placa “ó eu aqui!!”. Pensei nisso ao ver mais uma foto da Ana Dello Russo, editora da Vogue Japão, lançando seu perfume. Eu acho bacana pessoas com personalidade forte – pra não dizer icônica. Agora imagina o perigo de usar um perfume icônico e ver o iconismo alheio impregnar na gente? Circulando pela internê, achei o blog da Anna Dello Russo. Chega a ser brega de tão icônico.

Um comentário:

Cinderela Descaída disse...

Não sou expert, mas acho que essa moça é muito bonita, charmosa e interessante, mas tá se achando mais do que é realmente. Ela deve ser bem conhecida no mundo fashion e também dos leitores da Vogue. Mas quantos serão? Perfume tem que vender aos montes, aos borbotões para ser viável economicamente e ela não é a Donna Karan ou a Carolina Herrera... Menos, chérrie, menos!