5 de ago de 2011

Sonho adiado

Acabei de ler uma matéria que comprova algo que vejo acontecer cada vez mais ao meu redor. Agora são os homens que pressionam as mulheres pra ter filho. Pedem, insistem, tentam negociar, fazem cara de pedinchões quando encontram bebês fofos na rua. As mulheres na faixa dos 30 não caem nessa conversa tchutchuquinha, não. Dizem com todas as letras algo que até então saía da boca dos homens: “não estou preparada”. Para tristeza deles, a gravidez é empurrada com a barriga em nome de mais uma viagem, curso ou promoção. E lá se vai a chance de trocar fralda e embalar sua própria cria. Essa postura feminina não é novidade, o que mudou foi o comportamento (às vezes desesperador) dos homens modernos. Eles, sim, estão ouvindo o relógio biológico. E assumem a vontade latente de exercer a paternidade. Parece que os novos homens vão ter que esperar um pouco mais para conseguirem ser os novos pais. Ou então, que sejam mais persuasivos no pedido.








Ilustração: FFFFound

Um comentário:

Dani disse...

Verdade...

Agora, no fundo, toda mulher sabe, que por mais presentes e participativos que os homens sejam, o peso recai sempre nas costas delas. Aliás, nossas. Ou, minhas.

Prazer.
Quanto mais leio, gosto mais daqui.