1 de ago de 2011

Leitores de obituário


Quem lê bula de remédio é apenas hipocondríaco perto dos leitores de obituário. Esses, sim, podem dizer que leem tudo.
Fiquei curiosa e li alguns. Tive a sensação de estar entrando em velórios de quem não conheço, só para dar uma espiadinha no morto. Ler obituário é chegar justamente na hora em que um ente querido está falando sobre o falecido. Poucas palavras nunca vão dar a real dimensão de toda uma vida. Será que os tímidos aprovariam a exposição?
A gente deveria pedir licença antes de invadir o conteúdo estritamente pessoal de um obituário. Mais que uma homenagem póstuma, é uma micro-biografia não autorizada. Sua publicação revela sonhos, conquistas, gostos e qualidades. O morto sempre será poupado dos seus defeitos, medos e contradições. E nós ficaremos sem a parte mais humana e interessante.
Os leitores de obituários procuram histórias de vida e encontram o resumo parcial do personagem. Ou vai ver é só hábito de leitura.

Um comentário:

Fernanda Reali disse...

Nunca leio, só se for um morto muuuuito marcante na minha vida... um autor o ator de quem eu goste bastante e só.

Amei a imagem do pot.

beijoo