22 de fev de 2011

A história se repete

Eu não tinha me dado conta disso até o momento de baixar as fotos da viagem e ver essa aqui. Afffff, que momento raro!! Tá vendo a garota sorridente de vestido navy? Já passei muitos verões com ela. Tantos que nem sei dizer. Acho que ela também perdeu a conta. Cada temporada durava uma eternidade: três meses!
Eu e a Fabíola somos primas e dividimos muita melancia na casa da nossa vó em Imbé. Agora, 30 anos depois, a gente conseguiu a façanha inédita de juntar as duas famílias e passar uma semana de férias no ClubMed. Foi sem querer querendo. Fiquei sabendo que eles iam, deu vontade e fomos também. Na mala da Fabíola, o Gus, a Grazi e o Otávio. Na minha, o Rafa, o Fabio e o Ricardo.
Passamos horas e horas submersas na piscina conversando e tirando fotos dos filhos. Eu emprestei remédio, ela emprestou creme pro cabelo. Durante o dia, nem sempre os programas coincidiam. Mas virava num coqueiro e a gente se encontrava. As refeições, foram quase todas juntas. O purê de batatas vai ser pra sempre o purê da Grazi. Como ver um Petit Gateau e não lembrar do Otávio, a gente chorando de tanto rir e comer? E o Gus ratinho, com suas fatias de queijo misturadas na comida? Esse fofo também quase me fez chorar, mas foi de emoção. Estávamos subindo as escadas do restaurante quando ele "apresentou" o Fabio pra alguém - não como seu primo, mas seu irmão mais velho!!
Para tudo que entrou água no meu olho.

3 comentários:

Fernanda Reali disse...

Que lindos! Amei rever fabíloa, a menina mais fofa e meiga que eu já vi na vida. Sempre doce, gentil, um amor. E como o Gustavo se parece com ela, impressionante. Beijo, Fabiolinha!

Amiga, tu estás ficando velha, com dois filhos HOMENS criados. Aposto que no próximo verão viajarão com as noras...

Ainda bem que eu congelei o tempo, continuo com 21, hehe

beijoooo

Márcia Gonçalves disse...

Ahhhh, que lindo este texto e esses meus primos todos!!
bjss

Gis disse...

Que história linda. São coisas assim que mostram que a vida é linda e vale a pena. Bjk.