19 de jul de 2011

A história segue

A dupla aí em cima apareceu na minha frente poucos minutos antes de eu entrar na faca, sexta passada. A TV ligada era pra distrair a turma que logo apagaria graças a essa coisa linda chamada anestesia. Não estava mesmo funcionando observar os outros, esporte que tanto me diverte. Foi quando olhei pra TV e vi Tom Rafa e Jerry Fabio perseguindo um ao outro. Tive que rir, os quatro são iguais. Na véspera da cirurgia, o Fabinho me abraçou e disse, como quem não quer nada: "ninguém no mundo nunca vai te substituir, mãe." Só fui contar pro Ricardo no dia seguinte, em casa, sã e salva. Por mais que a gente reclame da normalidade da vida, tem momentos em que nada é melhor do que o roteiro conhecido de sempre. Fui, voltei, a história segue.
Quer detalhes sórdidos do pós-operatório? Eu conto. Fiquei o final de semana inteirinho (na verdade, 3 dias) sem tomar banho. Que alegria absurda sentir de novo a água quente do chuveiro batendo nas costas! Desde que saí do hospital, tive a companhia forçada de um dreno que ficava amarrado no sutiã tipo barriga de grávida e monopolizou nossa atenção. Ter dois caninhos pendurados um de cada lado do peito pode fazer você rever seus conceitos de higiene e priorizar a segurança da gaze intacta. Me livrei do dreno só hoje e não vou sentir saudade. Nem da cápsula dupla que se formou numa das próteses e rendeu alguns momentos de celebridade.

Nos próximos dias, vou seguir com cuidado total pra que tudo se ajeite e eu fique 100% boa. E quando eu menos esperar, vou poder de novo dormir de lado. Garanto que esse é um dos maiores prazeres que existem.

Um comentário:

Gislaine Marques disse...

Magali querida, que bom que deu tudo certo. Agora é ter cuidado, fazer repouso e pronto! Bjo e que voltes logo a dormir de lado, entre outras delícias da vida. ;)