21 de abr de 2010

Imperfeitas



Aceitar o corpo que a gente tem é um exercício diário e, às vezes, estafante. Sempre dá pra melhorar, mas eu falo daquilo que a genética definiu sem nos consultar antes. O engraçado é que as imperfeições que nos massacram são as mesmas que nos tornam únicas. Seios assimétricos, um quadril mais largo ou a falta de bumbum, cicatrizes adquiridas, lábios finos demais. Na TPM desse mês (http://revistatpm.uol.com.br/revista/97/reportagens/nudez-sem-castigo.html), tem uma matéria bem interessante onde mulheres normais foram fotografadas nuas em casa, sem maquiagem e truques. O que me surpreendeu foi a quantidade delas que se candidatou para o projeto. Esses dias a minha grande amiga Lúcia (http://ehojeeufizumblog.wordpress.com/) fez seu próprio ensaio em casa, só pra postar no blog. E eu adorei! Lembra que até a minha sogra já fez foto sensual?
Com ou sem câmera, o fato é que as mulheres estão começando a curtir a imagem que aparece no espelho. Isso é um alento para as futuras gerações. Para cada umbigo caído, tem sempre um ombro charmoso. Ou um sorriso imbatível. Imperfeitas, sim. E lindas, cada uma do seu jeito, do seu tamanho, da sua cor. De perfeitinha já basta a enjoadinha da Barbie.
Ilustração: Weidman's Art

4 comentários:

Leca disse...

Acho esse movimento de mulheres reais e verdadeiras...um maravilhoso resgate...
beijos
Leca

Mulher de Fases disse...

Meu comentário de hoje não tem nenhum vínculo com sua postagem,mas quero deixar registrado em algum lugar do seu blog uma constatação:acho vc a cara da Lisa Cuddy do House.
Pronto falei!
Acho que é sempre bom ouvir coisas agradáveis.
Bjsss

Pensamentos da Mila disse...

A vida e o tempo faz isso conosco, aquele sorriso lindo que nos enlarguesse por 9 longos meses deixa marcas em nosso corpo, a vida então, com o estress do dia nos dá umas ruguinhas...Mas isso é viver, olhar no espelho e gostar do que vê é simplesmente viver...
Bjs
Mila

Gislaine Fernandes disse...

Concordo com vc..Já tive picos de falta de auto estima hoje em dia me amo ...me adoro ...e valorizo todas as minhas faltas de curvas....
beijos...