20 de ago de 2009

Tudo depende do ponto de vista

Na plantação, o homem olha pra chuva e diz graçasadeus! No apê 1 quarto fundos, o casal com filho pequeno olha pra mesma chuva e diz quediabo!

No supermercado, a mulher enxerga uma antiga vizinha, não consegue lembrar seu nome e prefere se esconder no freezer das carnes a passar atestado de esclerose múltipla. Já a antiga vizinha, que nunca soube o nome da outra, faz questão de parar pra conversar e conferir se ela colocou botox - aquela boca não era tão angelina assim.

No sinal vermelho, o homem fecha os vidros pretos de insulfilm pra cutucar o nariz em paz. No carro da frente, a mulher assiste a cena pelo espelho retrovisor e dá risada.

Alguém já disse que, olhando de perto, ninguém é normal. Eu concordo. E digo mais: de baixo, de cima, de lado, do avesso, a visão é bem mais interessante.

Nenhum comentário: