4 de set de 2009

Eu, a primavera e o site do Bourbon Shopping

Contagem regressiva para a primavera

Acho que já fui presidiária em outra vida. A-do-ro riscar os dias no calendário, como se ele fosse uma grande parede branca. No mês de setembro, essa parede ganha um colorido diferente. Inicia a contagem regressiva para um dos momentos mais gostosos do ano.
Mudanças de estação funcionam como ritos de passagem. Quando surge a primavera, é como se trocassem as nossas pilhas. A gente se sente energizada, pronta para aproveitar os dias mais longos e convidativos. Qualquer manhã bonita de sol desencadeia um festival de elogios. Difícil se concentrar no escritório com tanta vida acontecendo lá fora.
A primavera é uma musa inspiradora. Você já deve ter reparado que o céu não sossega e inventa novos tons, especialmente nos finais de tarde. Tudo fica mais bonito, até mesmo a rotina. No circuito casa-trabalho-casa, tem sempre uma árvore que floresceu, alguém andando de bicicleta, pessoas correndo no parque. Os problemas parecem menores, melhor guardar o drama para o próximo inverno. Primavera combina com comédia romântica, de preferência filmada em Paris.
Os sorrisos se repetem, os beijos são mais intensos. Os alérgicos ficam otimistas e juram que, desta vez, o pólen vai dar uma trégua. O sol torna as pessoas mais interessantes ou, no mínimo, mais sociáveis. O espírito é de liberdade, como um vestidinho leve e solto. As revistas de moda lançam edições caprichadas, as vitrines parecem canteiros perfumados para atrair abelhas - no caso, mulheres. A gente se despede das botas de cano alto e só pensa em sandálias novas (anote na agenda: marcar pé urgente). Os decotes voltam poderosos, loucos por um maxiacessório. Tudo é pretexto para mudar de bolsa, de perfume, de namorado. Imploramos por um feriado. Agora a tendência é pernas e braços de fora (devidamente hidratados, veja bem). Aproveite que o nude reina absoluto e assuma seu tom pálido. Não vai ser por muito tempo, logo sua pele vai adotar o bronze. E, quem sabe, um ousado biquíni neon.
Falando em tempo, seja tolerante com as inconstâncias da estação. Se pudesse, a garota da meteorologia só anunciaria dias ensolarados. Mas um vento exagerado e um friozinho tardio ainda podem nos surpreender. Relaxe. A primavera é o que nos resta de glamour antes que chegue o calor senegalesco do verão. Coloque flores no vaso e no guarda-roupa. Abra as janelas e o coração. Brinque de bem-me-quer, bem-me-quer.

Um comentário:

Fernanda Reali disse...

Que delíca de post! Te senti feliz, respirando e suspirando, com o coração mais sossegado depois do susto. Que bom!

Eu nem estou interessada na primavera, confesso, porque estou já sonhando com o verão , com a praia, a areia, as caipirinhas, suando com cheirinho de colônia de capim-limão. O último verão fou superchuvoso, então estou na torcida por um verão bem quente e bem ensolarado.

Bjs