8 de set de 2010

Eu (e eles) na Nova de setembro

Em Roma, faça como os romanos. Na Nova, pense como elas. Entrevistar três gostosos, lindos, sarados e bem-sucedidos para a matéria sobre os solteiros mais cobiçados do Brasil? É pra já! Acionei minha rede de relacionamentos e descobri vários. Mais uma vez, obrigada a Miltinho Talaveira, Pati Leivas, Gui Rex e Natália Aranovich pela curadoria. E um superbeijo para o Raul Krebs, que fotografou dois deles para a matéria. Foi meu primeiro trabalho como repórter-entrevistadora-apresentadora. Fiquei superfeliz com a estreia na Nova, mesmo vendo que cortaram metade do que escrevi - isso acontece, o metro quadrado é disputadíssimo.
Então vou publicar aqui os três perfis na íntegra. Depois você espia os bonitões na revista. Para eles, também só tenho a agradecer.


DANIEL BARTELLE

É hora de o Rio Grande do Sul também ser conhecido por ter homens lindos. Está aí o Daniel Bartelle para comprovar minha teoria. Gerente Financeiro com formação em Engenharia Civil, 35 anos e viciado em esportes. Curte automobilismo, faz corrida, musculação e barefoot - um esqui aquático com os pés descalços. Deve ter sido assim que esculpiu o corpão de 1,81 cm. Aliás, para as ex-namoradas, fazer esportes é sua mania mais irritante.
Difícil namorar um cara bonito. Mas se você é alta, morena e tem olhos escuros... sortuda! Você é o seu tipo, contanto que não seja chiclé ou vulgar. Daniel dá uma dica para as leitoras de Nova: “Seja você o tempo todo, não tente aparentar o que não é. A essência é a simplicidade e a honestidade.”
Quando perguntei se relacionamentos sérios dão brotoeja, dão trabalho ou dão prazer, ele ficou com a terceira opção. E confessou que um relacionamento sério o atrai bastante. Se Daniel tem algum fetiche? Fazer amor todos os dias com a pessoa desejada!! Meninas, ele é um homem para casar. Quer ter 2 filhos e ficar ao lado da esposa pelo resto da vida.
Não aconteceu até agora porque Daniel não encontrou essa mulher. Ou, como ele diz, “talvez ela esteja bem próxima e ainda não a percebi”. Sobre as vantagens e desvantagens de estar solteiro, cita a liberdade de ir e vir. E a falta daquele abraço apertado, do cheiro, dos carinhos, de ouvir Eu te Amo, de ser o centro das atenções na vida de alguém. Segundo ele, um dia o homem tem que casar. Antes tarde do que nunca.
-MULHERES GOSTAM DE HOMEM COM PEGADA. A RECÍPROCA É VERDADEIRA?
-COM CERTEZA, PRINCIPALMENTE AQUELAS QUE NÃO APARENTAM E CHEGA NA HORA SE REVELAM. ISSO É UMA DAS COISAS QUE MAIS ME ATRAEM.



RAFAEL VEIGA

Esse gato se chama Rafael Veiga, tem 27 anos e está sozinho porque não encontrou seu ideal de mulher. Anote aí, para ver se você preenche os requisitos: ser muito sincera, inteligente, independente e engraçada - para ele, beleza é um complemento. Ao ser questionado sobre sua preferência por peito, bunda ou perna, ficou com os três. Só não tolera ciúmes doentio.
Dono do próprio negócio (gastronomia e estacionamentos) e de um corpo onde não mudaria nada, Rafael assume ser teimoso e vaidoso. Cuida do cabelo, gosta de se vestir bem, é ligado em moda e ainda terceiriza dicas de estilo para os amigos. A academia serve para treinar e paquerar (como bom empresário, ele otimiza seu tempo).
Rafael é apaixonado por viagens. Há 9 anos viaja todo mês de julho para esquiar na neve. Também adora cair na água para surfar e tem casa em Santa Catarina. Entrega que, sim, acontece overbooking de mulheres, mas são fases. E afirma que nunca passou por uma saia-justa na cama. É um cara romântico à moda antiga. Perguntado sobre a maior surpresa que já fez a uma mulher, respondeu o pacote completo: jantar especial de aniversário com uma viagem-surpresa e inesquecível de presente, com direito a quarto cheio de pétalas de rosas (3... 2... 1... suspire comigo!). E confirmou seu romantismo ao dizer que o lado ruim de estar solteiro é não ter companhia para uma lareira e um vinhozinho.
Rafael é colorado fanático, daqueles que viaja para São Paulo, Buenos Aires ou onde o Internacional jogar. E olha que fofo, ele curte levar namorada para o estádio. Só acha complicado explicar o que é escanteio e impedimento. Aliás, outra coisa “complicada, muito complicada” é se um amigo seu se interessar pela mesma mulher.
-QUEM TRAI MAIS? AS MULHERES OU OS HOMENS?
-AMBOS, A DIFERENÇA É QUE AS MULHERES SÃO MAIS DISCRETAS.


RICO VILLAR

A lista de atributos de Ricardo Villar, 36 anos, é grande. Eu poderia elencar suas qualidades por ordem alfabética para não me perder. Mas prefiro ir direto ao ponto: ele já teve uma namorada por quase 10 anos, o que é um ótimo indício. Está há mais de 1 ano sozinho e acha muito bom se apaixonar. Daqui a 5 anos, Rico se imagina casado e feliz. Então, corra, Lola.
Rico é o caçula de quatro irmãos e se considera superfamília. Além de bem-nascido, bonito, charmoso, viajado, esportista e partidão, ele é um gentleman. Adora a arte da paquera e o clímax da conquista. Quando se envolve, sabe ser romântico. Já enfrentou 9h de estrada lotada em véspera de Ano Novo só para dar um beijo e matar a saudade de uma namorada.
O problema é achar tempo para namorar. Rico tem um escritório de advocacia, é vice-presidente da Câmara de Indústria e Comércio Venezuela-Brasil, tem negócios no mercado imobiliário e de seguros e ainda é um dos sócios do Café de La Musique. E reconhece que essa agenda dinâmica o protege de relacionamentos mais sérios.
Para ele, inteligência é um afrodisíaco, assim como ser segura, ter bom humor e, claro, beleza. Agora uma mulher coloca tudo a perder se for briguenta ou tentar fazê-lo sentir ciúmes. Rico garante que sofre mais por elas do que o contrário. Confessa (rindo muito) que já teve mais namoradas do que carros. E jura que a maioria de suas ex se tornaram amigas.
O maior elogio que Rico já recebeu foi um pedido de casamento – detalhe, os dois namoravam há poucos dias. Perguntei se ele prefere namorada que só come salada ou a que divide uma paella e descobri outro atributo: “muita frescura é ruim, é bom se entregar aos prazeres da gula senão a vida fica chata”. Outra delicinha: ele garante que cancela o futebol com os amigos por causa de uma mulher. “E olha que adoro futebol”.
-E SE ELA LEVAR PARA CAMA ALGUNS BRINQUEDINHOS?
-HEHEHE... ACHO QUE NÃO VAI PRECISAR.

5 comentários:

Fernanda Reali disse...

blablabla, whiskas sachet, eu quero é ver os tanquinhos sarados!!!

mutantix disse...

pois é, e as fotos???
hahahaha!
bjo,
raul
p.s.: meu interesse é profissional: quero ver o meu trabalho.

Alexandra disse...

Parabéns amiga!! Fez um traje de gala da entrevista saia-justa hein.
orgulho de ti.
E as fotos dos guris?? Quero ver!
Beijocas
Alexandra
www.destemperadinhos.com
www.cafeviagem.blogspot.com

Cammy disse...

Parabéns pelas entrevistas, Magali!
Fiquei pensando o motivo pelo qual estes três, todos com mais de 25 anos, ainda estarem solteiros. E concluí que o problema dos homens "perfeitos" é que nunca irão encontrar uma mulher que acreditem estar à altura deles. E nenhuma mulher "normal" seria forte o bastante pra conseguir carregar o ego do amado...

Beatriz de Moraes disse...

Essa é a minha tia... ARRAZANDO!!! Parabéns por mais essa reportagem...