15 de set de 2010

Pra pensar

Essa semana meu primo Marcelo nasceu de novo. Ele sofreu um acidente gravíssimo na estrada, indo para São Paulo. Capotou e teve muitos ferimentos, tanto que foi levado de helicóptero para o hospital. Por um milagre, agora está em casa com sua mulher e filho. Vai levar um tempo até que ele recupere a calma que sempre teve. Tudo vai normalizar, apesar das dores e do trauma. Existe explicação para essas coisas que a gente tem que passar? Com certeza absoluta, não era a hora dele. Já o colega que dirigia o carro não teve a mesma sorte. O mais impressionante foi saber que há 3 meses ele tinha perdido a esposa. Só pode ter alguma relação com essa partida tão abrupta. A gente ouve histórias de casais velhinhos que não aguentam ficar só quando um dos dois morre. Chega a ser romântico. Mas eu nunca tinha ouvido falar de uma coincidência dessas com um casal novo. Coincidência, nada. Isso tem explicação. Não sei se eles deixaram filhos. Espero que o reencontro justifique tudo.

6 comentários:

Mari disse...

Nossa... me emocionei com essa história, também já sofri um grave acidente em 05/10/08 ali na serra de Veranópolis, caímos eu e meu namorado num penhasco de 60metros d altura com nosso veículo... Sobrevivemos graças a Deus, até o padre qe nos visitou no hospital disse que nascemos de novo por milagre, e hoje mais do que nunca posso afirmar que "nada acontece por acaso", Deus tem um plano para todos nós e apesar de tudo cresecmos demais com os sustos que a vida nos dá ao longo dos anos.

Parabéns pelo blog, leio todos os dias!Bjs e fique com Deus!

Mariana R.Pizzutti. Araranguá SC.

Luciano disse...

Na realidade todos temos um prazo de validade aqui na terra, e sim nada ocorre ao acaso temos nossa missão, algumas pessoas só vão quando está missão já está comprida ninguém vai antes ou depois. E tudo que ocorre nos torna forte a cada dia um após o outro.
Acompanho seu blog a bastante tempo atualmente moro em Maringá no PR, parabéns pelo blog.

Luciano C. Peres. Maringá PR.

Falcolina Coisas da Lina disse...

Tudo, realmente, tem a sua hora certa de acontecer. Acredito que nada acontece por acaso. O equilíbrio das coisas, acabam desequilibrando outras aqui nessa terra.
Na verdade, a perfeição dos fatos é a causa dessas 'coincidências'.

Bjs flor.
Emocionante história

falcolinacoisasdalina.blogspot.com

Fernanda Reali disse...

Pra mim, particularmente, NADA de coincidência. Não sei dar a explicação, mas é muito maior do que eu imagino, certamente.

(Esse Marcelo e o irmão da Marcia? Tadinho! Está em casa, está bem? Manda um beijo aos dois!)

Clau Finotti disse...

Oi Magali!!!
Por coincidência estávamos hoje no trabalho relatando histórias de casais que se foram quase simultaneamente. Eu não sei o que acontece. Só sei que nada acontece por acaso e há muito mistério na espiritualidade que nem sonhamos existir.

Vim aqui por indicação da Fernanda Reali.

Estou "perseguindo" você agora! rs

Clau Finotti

Márcia Gonçalves disse...

Fernanda, sim, foi o meu irmão. Já está bem, em casa, tocando a vida, e cada vez mais agradecido por estar vivo, andando, sem problemas mais sérios. Depois de ver as fotos do que sobrou do carro, não há como duvidar de uma intervenção divina, ou seja lá o nome que tenha aquela força maior que chega e diz para um "ainda não é a sua hora" e para o outro, "missão cumprida, pode ir". Tudo tem uma explicação maior, sempre existe uma razão para tudo o que nos acontece, de bom e de ruim. Mesmo que a resposta não venha agora, um dia ela virá muito clara e objetiva. É só manter-se atento às pistas que a vida nos dá.