20 de out de 2010

Estou assim por dentro

Pensando em todas as dedicatórias especiais que já recebi. E li, reli, mostrei em casa toda faceira. Pensando no que eu vou escrever na dedicatória do teu livro. Na hora a emoção piora a letra, embaralha a vista, mistura as palavras. Escrever um livro é fácil. Retribuir em uma frase o carinho a quem saiu de casa ou do trabalho para prestigiar a gente, isso sim é tarefa ingrata. Parece que nenhuma frase vai estar à altura.

Ilustração: Kate Moross

Nenhum comentário: