3 de jun de 2011

Por que o Jack Johnson não é a Lady Gaga


Pensei nisso vendo o Jack Johnson no palco, aquele jeitão low profile, como se ainda não estivesse acostumado com seu próprio sucesso. A Lady Gaga é tudo que ele não quer ser, e nem precisa. Eles são diferentes da água (límpida e sustentável) para o vinho. É Hawaii X Las Vegas misturado com Los Angeles.
Lady Gaga é performática, divertida, maluca e com certeza dá uma chacoalhada na cena musical. Mas é totalmente pré-fabricada, não consigo imaginar essa mulher sendo natural nem sozinha em casa fazendo xixi (apesar do seu passado mostrar o contrário, nessa foto ela aparecia no núcleo das loosers, com suas colegas asiáticas e latinas). Bota se reinventar nisso, uma guinada de 360 graus no currículo.
Por isso achei tão genial a simplicidade do Jack Johnson. Aposto que ele é exatamente igual antes e depois do show, conversando com os amigos. O cara só queria tocar seu violão e pegar onda. Quem já leu algo sobre sua trajetória sabe que ele fazia vídeos de surf e um dia, em busca de uma trilha sonora para embalar as imagens, resolveu fazer ele mesmo a música. O pessoal curtiu e o resto é história. A gente não vê fotos dele pelado e bêbado em Malibu, ou com uma gostosa peituda no red carpet, ou dando soco em papparazzi. Continuar sendo ele mesmo, isso sim é ser excêntrico.
Lady Gaga é uma loja inteira de fantasias, o figurino é seu melhor refrão. Esses dias vi parte de um show seu na TV, ela canta bem e deve ser uma experiência alucinógena assisti-la ao vivo. O que sei é que o Jack Johnson me emocionou de uma maneira bem mais simples e verdadeira. Tive um prazer enorme ao sentir os pelinhos do braço arrepiarem a cada hit que ele tocava. Ainda bem que estava escuro, não deu pra ver meus olhos aquáticos (uma gentil homenagem ao nome da turnê: To the Sea). Deve ser incrível pra ele também dar um acorde no violão e ver que, naquela cidadezinha perdida nos confins da América do Sul, todo mundo já sabe qual é a próxima música e canta junto.
Os dois são parecidos em uma coisa: cada um acredita na sua causa. Seja o verde do Jack Johnson ou o excesso de cor da Lady Gaga.

2 comentários:

Claudio Franco Netto Pletsch disse...

Eu amo Lady Gaga, Jack Johnson e Magali Moraes!

Cinderela Descaída disse...

Vou confessar: nunca tinha ouvido falar nesse Jack Johnson. Não sei explicar, não fui apresentada a ele. Mas ele é um gato, hein?
Agora a Lady Gaga era bem bonitinha antes de virar Lady Gaga! Mas adorei um vídeo dela em que ela aparece dançando de muletas. Dei muita risada!
bjs