16 de dez de 2009

Que venha 2010

Eu não gostaria de sobrecarregar o Ano Novo com muitos planos e expectativas, mas esse é o risco que corre quem/o que é muito esperado. Ouvi da astróloga: confia e amplia. Ainda por cima, sempre preferi números pares.
Anota aí, 2010... vou precisar de um pouquinho mais do que love. Isso eu tenho em excesso, e foi o que me trouxe até aqui. Quero um trabalho que me acorde de manhã com um bom dia empolgado. Não tem jeito mais gostoso de despertar (quer dizer, tem sim, mais faz você chegar atrasado no trabalho).
Vou batalhar pra ter um ano redondinho, com arestas fáceis de aparar. Em 2010, o Fabio vai ter 10 anos, olha que amor. Ele espera tanto essa idade pra sentar no banco da frente no carro. E o Rafa, com 14, vai se formar no fim do ano! Talvez nos apresente a primeira namorada (preciso me preparar). Eu e o Ricardo vamos fazer 43 e 45, números ímpares, mas a gente sempre é par. Em dezembro de 2010, só vai faltar um ano pra nossa Casa Hermosa ficar pronta. Depois, passa voando. Quero também 365 dias de saúde (fiquei com alguns créditos de 2009). E na beirada de 2011, poder me orgulhar daquilo que eu consegui realizar.

Nenhum comentário: