22 de mar de 2011

Da próxima vez, eu mordo a canela

Por que os donos de cachorro SEMPRE dizem "Ele não faz nada", como se essa frase justificasse tudo, até a falta de coleira em lugar público?
Antes que eu seja apedrejada, responda rápido: cachorro solto combina com interior de farmácia? Não. Lá dentro tem remédio. E remédios pedem bom senso. Mas não para o cidadão que só olha pro umbigo do seu pet-filho e não é capaz de prendê-lo cinco minutos do lado de fora. Farmácias modernas possuem porta automática. E portas automáticas, como o nome sugere, abrem automaticamente. Tanto para humanos como para cachorros. No caso, ele entrou três vezes. E eu só queria sair dali com vida e algumas gazes.
Depois o pet-pai foi embora, provavelmente se sentindo incompreendido.
É por isso que eu digo: cachorro só quente e em aniversário de criança.

Imagem: Design you Trust

6 comentários:

Alexandra disse...

Apoiado, Maga. Voto em ti nas próximas eleições!
bjcs

Cammy disse...

Concordo que falta bom senso! Mas acho pets mal educados tão incovenientes quanto crianças mal educadas...convenhamos.

Telma Maciel disse...

Aqui no prédio tem um rapaz que tem um pinscher. Ela é grandinha para o tamanho que já vi e gorducha tbm. Fica solta no hall do prédio e eu tenho medo dela, apesar de 'já ter me acostumado', pq vira e mexe ela late pra gente nervosa e faz como se fosse avançar.
Daí que um dia ela passou entre as grades do portão da frente do prédio e mordeu a canela de uma senhora. O dono ainda achou ruim da senhora reclamar... posso com isso?

Cinderela Descaída disse...

Cachorros, crianças e adultos mal-educados são difíceis de engolir, mas, normalmente, os adultos são os piores porque os cachorros são animais irracionais e as crianças são, ora: crianças!
bjs

Eliene Vila Nova disse...

Oi mestra das mestras
que saudades de você,a vida por aqui também anda corrida,sabe um dia desses marquei hora com meu marido e percebi que algo estava muito errado,por isso agora estou desacelerando,rsrs
ah e cachorro só confio no meu,rsrsrs
ta adoro,te admiro
beijos

Fernanda Reali disse...

Eu tenho duas cachorras, uma adorável e meb educada (meu alterego) e outra vira-latas encapetada tipo Marley. Nenhuma anda sem coleira fora de casa, nenhuma entra em loja, farmácia etc, nenhuma importuna ninguém.

O cachorro não tem culpa da falta de educação do dono. Cabe a nós impormos os limites.

O teu horror a cachorros eu aplico a crianças. Tenho horror de crianças soltas, correndo, gritando, mexendo, e os pais orgulhosos pela felicidade dos seus filhos os deixando ocuparem todos os espaços.