14 de fev de 2009

Acertando os ponteiros

Hoje de noite lá vamos nós acertar os relógios do microondas, dos telefones sem fio, do rádio-relógio, dos painéis dos carros. Uma horinha a mais para dormir só mesmo nessa madrugada, fim do Horário de Verão.
Daqui a poucos dias, quando as aulas começarem, aí sim é que vai mudar o horário aqui em casa. Meus filhos mudaram para o turno da manhã e serão gentilmente rebocados da cama ainda na escuridão – tadinhos!
Acho que vou ter que comprar uma corneta ou buzina de vaca. Posso ficar rouca de tanto gritar. Xixi, café, roupa, mochila, lanche, escova de dentes. Se sobrar tempo para dizer bom dia e tchau, eu agradeço. Mas eles acostumam logo, o negócio é dormir bem mais cedo. Se eu comprar uma buzina com sons diferentes, o toque de recolher pode ser com um agradável relinchar de cavalos. Ou o hino do Inter.
O melhor de tudo vem agora: antes das 7 da matina os três homens da casa vão rumar para ao colégio. E eu, para a minha corrida! Finalmente vou ter um horário fixo para cuidar de mim, bem cedinho, e ficar livre o resto do dia. Quando o Rafa e o Fabio estiverem sentados na aula, eu vou estar sacudindo cada músculo do corpo. Sem falar na cabeça, que fica levinha depois de uma boa corrida. E depois, a casa vazia, um banho dos deuses.
Só vou sentir falta de uma coisa, uns dos hábitos mais gostosos do mundo. Antes de sair para o trabalho, abrir pé por pé a porta dos quartos e carimbar as bochechas dos meus dorminhocos com um beijo quentinho.

Nenhum comentário: