11 de fev de 2009

Aspargos

Alguns conselhos eu guardo pra sempre. Um deles é “Tem que botar aspargos na sopa de pacote”.
Se você avaliar a questão pelo lado gastronômico, vai conseguir uma sopinha mais razoável. Já se aplicar isso na moda, hello, é o famoso hi-lo que as revistas tanto falam: a camisetinha Hering com a bolsa Chanel – nem que seja da Maison Chinatown.
Agora se você conseguir levar esse conselho para a vida, muita situação ruim pode ficar mais palatável. Botar aspargos na sopa de pacote é não se contentar com o basicão, é não engolir qualquer coisa, é apostar no improviso, no bom humor e manter a nobreza de espírito. McGyver faria isso e muito mais (se você não lembra da série, não conheceu a vida).
Às vezes a gente não tem ânimo nem para rasgar o envelopinho da sopa. Mas não dá pra desistir, né? Pior é engolir dias insossos e fazer cara de quem achou uma delícia.

Um comentário:

Anônimo disse...

amada, eu coneço essa história, ou melhor: diria que essa é uma história real, ah ah ah!