31 de mai de 2010

Blogueiras bocudas

Quando a gente começa um blog, acha que vai conseguir manter o mínimo de distanciamento e não se expor tanto assim. Com o tempo, vemos que é quase impossível, os dedos disparam no teclado, o pensamento flui, o texto sai sem cortes. A insegurança vai embora, parece que as ideias organizam elas mesmas os parágrafos. As imagens também falam, às vezes até mais do que eu. Depois de postar, eu saio leve. E se não venho, sinto falta, o dia não fica completo. Dividir é isso, a gente tem que se dar um pouquinho. Aqui eu gesticulo sem mover um músculo, meu coração é co-autor. Ter um blog é deixar a chave da casa embaixo do tapetinho. Pode entrar e se servir dos meus escritos.
Ilustração: FFFFound

4 comentários:

Rafaela Fajardo disse...

Disse TU-DO!!! =)
Primeira vez que comento mas venho sempre aqui!
Beijos

Rafaela Fajardo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gislaine Fernandes disse...

É isso a gente se expõem mas é muito bom, muito prazerozo!
beijos

Paty disse...

adoreiii

concordo com tudo...

bjs!