31 de mai de 2010

Sou brega, sim

Não venha dizer que você nunca é. Ser brega é ter pensamentos singelos nesse mundo contemporâneo, hype e über moderno. Quer coisa mais brega do que um casamento que dura aaaaaaanos? Quer breguice maior do que levar os filhos pra Disney e ser megadivertido? Falando nos meus filhos, eles devem achar superbrega ter um pai e uma mãe que não se separaram e são felizes juntos - putz, a gente é a família mais brega do planeta!!
Tem outra. Eu achava muito brega sonhar com casa na praia, isso até o dia em que nós compramos uma. Coisa mais grega: nós quatro tiramos foto na frente do plantão de vendas! E com uma garrafa de champanhe! O mais brega dos bregas é ficar sonhando com a tal da cerquinha branca, os móveis, os almoços no pátio - sim, minha breguice não tem limites, já aviso que terei um pátio com grama e plantas.
Por mais que eu leia a Wallpaper, a Nylon e outras revistas descoladas, meus olhos se encantam com os momentos bregas da vida. Seja brega, persista sendo brega. Qalquer dia desses, nós seremos tendência de comportamento. Os bregas dizem eu te amo, compram vasinhos de violeta, comem bergamota no sol, adoram arroz com ovo frito, dormem de meia no inverno, fazem figa pra dar sorte, usam talco no pé, espetam o bolo quente com palito. Quer a prova cabal de que eu sou terrivelmente brega? Adivinha a primeira coisa que fiz quando comprei meu Iphone? Enchi de fotos dos meus filhos. Bregas, uni-vos!!
Foto: FFFFound

3 comentários:

TThata Luz disse...

Sou brega com muito orgulho, se ser brega for sonhar.

Mulher de Fases disse...

Tô contigo no mundo dos bregas!
Bjs

Lu disse...

Um pouco de breguice não faz mal à ninguém e atire a primeira pedra aquele que jamais foi brega. Eu sou encantada com a breguice.
Beijos