16 de jul de 2009

4... 3... 2...1

Amanhã entro em férias!! Nunca esperei tanto por isso. Filhos têm esse poder de fazer a gente repetir a sétima e a quarta séries – apesar de eu ter passado por média em toda a minha vida de estudante (sim, eu era CDF, nunca peguei uma recuperação, nem na faculdade).
Por duas semanas, as ruas ao redor do colégio vão ficar bem mais calmas, assim como os nossos horários. Vou almoçar com o olho no prato, não no relógio. Não vou me preocupar com temas e provas. Se está na hora de irem pra cama. Se as mochilas estão arrumadas. Se pegaram os lanches. Se esqueceram o celular (e o moletom, o estojo, o boné) no colégio. Se tem dinheiro pro taxi, se hoje tem inglês ou basquete. Por duas semanas, também não vou poder reclamar que não acho tempo pra correr (vai ser uma árdua negociação com o travesseiro: dormir mais ou ir pra pista cedinho?).
Já fui contra as férias de julho, já reclamei que duas semanas é muita coisa. Bobagem. Crianças precisam desse break para zerar a cabeça e se divertir – adultos deveriam se obrigar a dar uma paradinha estratégica na metade do ano. Fiz isso pela primeira vez em julho passado (em Recife) e foi maravilhoso. Quando a gente consegue tirar uma semaninha suada, já ajuda mas ainda é pouco, 7 dias mal dá pra desacelerar.
Duas semanas de descanso!! Por tabela, mas é.

Nenhum comentário: