30 de mar de 2010

O lobo mau é o de menos

A gente cresce e fica com uns medos bobos. De não educar direito os filhos, de faltar dinheiro, de ser uma farsa no trabalho, de deixar o tempo passar e não aproveitar bem, de se afastar dos amigos, de desperdiçar energia com quem não merece.
Eu penso muito nessas coisas, tem dias em que escurece mais cedo na minha floresta. Pensar já é meio caminho andado. Tenho certeza de que faz parte do crescimento a gente conviver com as incertezas. Só nos contos de fada e nas novelas da Globo tudo é perfeitinho.
Aí você pergunta:
-Magali, pra que esses medos tão grandes?
-É pra enxergar melhor a vida, respondo eu.

Ilustração: Cory Godbey

2 comentários:

Paty disse...

uau, ameiii

eu sou assim...
tenho medos... medo disso e dakilo..

ms qm ñ tm medo neh?

Bia Rocha disse...

Já faz um tempinho que acompanho seu blog acho interessante como vc traduz sentimentos comuns a todas nós.Últimamente é assim que ando me sentindo pequenininha.

Parabéns pelo blog!!!