4 de mar de 2010

Ressonância

Não sei se é cacoete de publicitária, mas eu penso muito por associação de fatos. Hoje o dia começou e terminou com uma palavra martelando na minha cabeça: ressonância.
Cedinho, ouvi da médica a versão científica do termo. Vou ter que entrar naquele tubo horroroso e fazer uma ressonância magnética para zerar um assunto pendente. Não vai ser fácil, eu odeio esse exame. O Fabinho já fez duas vezes e, de tão tranquilo, dormiu lá dentro. Talvez um uísque triplo sem gelo faça eu apagar também.
No fim do dia, cheguei de uma reunião fora da agência e fui avisada por minha amiga Lúcia que o texto "Mulherzinha é a vovozinha" estava circulando no Twitter - uma enorme caixa de ressonância - sem citar meu nome. Para encurtar a história, consegui falar com a pessoa que tuitou o texto e tudo foi esclarecido. Mas aquilo me incomodou tanto que fui um pouco agressiva. Depois, no carro, fiquei pensando por quê. Acho que a gente está sempre atrás de repercussão pelas coisas que faz e que se orgulha. A repercussão é um reconhecimento público que nos ajuda a seguir em frente, é como se a vida não passasse em branco. Uma mãe quer ouvir da professora que seu filho é inteligente e genial. Um empregado quer ouvir do seu chefe que fez um excelente trabalho. Um filho quer ouvir dos seus pais que é amado, por mais que saiba disso. Até um corte de cabelo que repercute bem é um alívio.
Por outro lado, tudo aquilo que não repercute como gostaríamos (seja um zero na prova ou um "eu te amo" sem resposta) machuca. Não sei se faz sentido para você, para mim faz.


photo from design sponge

Um comentário:

Leca disse...

Todo o texto ressoou em mim...
Adorei
beijo
Leca