24 de jun de 2010

Peça-chave

O All Star entrou tarde na minha vida, mas não sai nunca mais. É que nos últimos anos eu me concentrei totalmente no salto alto e estava sempre montada. Especialmente pra trabalhar, o que é um crime, considerando que uma agência de propaganda permite um jeito de vestir bem mais estiloso e descomprometido. Eu é que não me permitia usar algo que não tivesse no mínimo 7 cm de altura.
Hoje em dia eu subo e desço do salto quando eu quiser. Por dentro, minha estatura cresce independente daquilo que coloco nos pés. Não me sinto menos arrumada ou menos importante. E tirar de circulação uma regrinha que a gente mesmo estabeleceu é libertador.

Foto: weheartit.com

2 comentários:

Mulher de Fases disse...

Magali,
Vc falou tudo!
Quebrar nossas regras é o que há de mais difícil e como é bom qdo conseguimos...parece que tiramos o mundo das costas.
Bjs

Paty disse...

all star amooooooooo..

ainda vou ter uma coleção!

infelizmente ñ sei andar de salto... me sinto muito insegura...

e axo lindo mulher de salto...

meu marido me cobra , as vzs... aff