16 de jun de 2010

Uma troca justa

Desculpe, Seleção. Mas ontem eu aproveitei o tempo do jogo pra ganhar milhas com o George Clooney. Eu era aquela 0,00000000001% das mulheres que ainda não tinha visto Up in the air/ Amor sem escalas. E, como fiquei presa na agência trabalhando, precisava compensar de alguma forma. E que forma! Um lançamento desses dando sopa na locadora. E eu buscando um sentido na vida (quem não curte futebol vira um ET nessa época). Sério, nunca esperei tanto um jogo começar. Ele tava guardadinho dentro da bolsa, todo charmoso. Coloquei o DVD no computador, os fones no ouvido, as pernas em cima da mesa e aí o pessoal apagou as luzes pra ver melhor o jogo. Thank you so much. Não é falta de patriotismo, eu até levantei os olhos da tela quando o Brasil fez os gols. É que eu aprendi a aproveitar muito bem os tempinhos que surgem for free.
Imagens: O Dunga é do Google. O George Clooney é do meu coração.

3 comentários:

Fernanda Reali disse...

Amei o post e vou retwittar. Não gostei do filme, mas...lê aqui:

http://fernandareali.blogspot.com/2010/05/o-meu-o-seu-o-nosso-george-clooney.html

bjs

Cris Francioni disse...

que homem espetáculo!

Anônimo disse...

O filme dos demitidos! Vi esse final de semana, não pude deixar de me emocionar com os demitidos. bj Andressa