31 de mar de 2009

Nostalgia

Acredita que eu vi um selo de verdade? E que selo bonito! Em tempos de e-mail, msn, sms, twitter e sei lá mais o que, eu fui surpreendida por um selo moderninho. Quando o homem do correio colou o selo no envelope pardo, o colorido gritou. Chamou minha atenção. Deu saudade de receber uma carta escrita à mão (lembra?). E rasgar o envelope ansiosa - coisa que hoje eu só faço com a fatura do cartão.

Um comentário:

Lu disse...

Todo os dias quando abro a caixinha de correspondência do prédio me encho de esperança de encontrar uma carta escrita à mão. Nem precisa ser num papel de carta daqueles perfumados, pode ser numa folha pautada de caderno mesmo.
Claro que toda vez que abro a caixinha de correspondência fico com uma pontinha de frustração porque essa carta escrita à mão nunca chega.
Saudades daquele tempo de escrever cartas.
Beijos